="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">
 
Buscar
  • Ivan Kleber

Vídeo, Instituto que realizou pesquisa em Novo Gama é flagrado tentando vender resultado manipulado



Uma pesquisa publicada nesta segunda-feira, dia 20 de junho, no Jornal Cidades e Negócios, edição de 2020, gerou uma polêmica das grandes em Novo Gama e em outras cidades do estado de Goiás.


A pesquisa foi registrada com o número- GO 03863/2020. Em Novo Gama o resultado aponta que o primeiro colocado Cristovam Machado (PRTB) tem 22,2%, o segundo colocado Carlinhos do Mangão (PL) tem 19,3%, a terceira colocada Sônia Chaves tem 17.0%, já o atual presidente da Câmara vereador BB aparece em ultimo lugar com 1,2% das intenções de votos.

No entanto, este resultado é contestado por uma boa parte da população e por políticos da cidade que acreditam que o resultado da pesquisa tenha sido manipulado, já que o Jornal Cidades e Negócios foi denunciado por vender resultados de pesquisas falsas em outras cidades de Goiás.


O jornal Cidades e Negócios exibiu em sua edição o resultado de pesquisas em varias cidades do estado de Goiás, mais em uma delas, a cidade de Pontalina um pré-candidato a prefeito conseguiu gravar um vídeo do crime cometido pelo representante do Instituto IPOP e do Jornal Cidades e Negócios.


Em Planaltina de Goiás, o resultado também teria sido manipulado colocando o delegado Dr. Cristiomário em segundo lugar ao invés de primeiro como apontam todos os resultados de pesquisas internas de outros partidos.


O pré-candidato a prefeito de Pontalina afirma que foi procurado pelo dono do site quatro dias antes da divulgação da pesquisa quantitativa e que ele pediu uma quantia considerável para “realizar” um quadro positivo para Mack na cidade, e como ele não tinha o dinheiro a pesquisa teria sido vendida para seus adversários.


Em outras cidades a história se repetiu. Em Bela Vista/GO este mesmo instituto apontou o pré-candidato Eurípedes do Carmo como favorito, anteriormente o dono do site teria tentado vender os números na prefeitura, mas recebeu um estrondoso “não” para sua proposta. Ele então teria vendido o resultado para o adversário politico da prefeita Eurípedes do Carmo.


Pelo jeito o site Cidades e Negócios vai responder muitas ações na justiça por vender números falsos e divulgar pesquisa FAKE, a divulgação de pesquisa fraudulenta constitui crime, punível com detenção de seis meses a um ano e multa. Veja o vídeo:



237 visualizações0 comentário