="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">
 
Buscar
  • Ivan Kleber

VÍDEO, ESTUDANTE DE VETERINÁRIA SALVA CACHORRO QUE FOI ENVENENADO



“O cachorro está morrendo”, ouviu o estudante de Medicina Veterinária Lucas Gabriel Ferreira Martins, de 19 anos, na manhã de quarta-feira (20), no município de Piranhas. Não pensou duas vezes, voltou para casa e pegou as luvas para dar início a uma massagem cardíaca no animal, que convulsionava no asfalto. . O procedimento durou cinco minutos. Lucas segurou o corpo do cachorro e iniciou a massagem no peito. A mãe, Maria Rosa Martins, filmou todo o processo. Em princípio, quem assistia não acreditava que o animal sobreviveria. “Morreu”, capta o áudio do vídeo em certo momento. . Lucas insistiu. Continuou com a massagem. Tocou o pulso. Procurou melhor posição. Fez mais massagem e o cachorro se levantou ainda meio atordoado. “Caraca”, exclamou alguém. “Ele está fazendo veterinária”, disse a mãe, orgulhosa. . ENVENENAMENTO . O rapaz ainda faz o primeiro período de Medicina Veterinária em uma faculdade em Barra do Garça, no Estado do Mato Grosso. É bolsista do ProUni. Já chegou a estudar Medicina na Argentina, mas não aprendeu a técnica nas aulas. “Como sempre quis ser médico, vi muito vídeo de massagem cardíaca pelo Youtube. Acabei aprendendo”, afirma. Ele, agora, mais do que nunca, quer ser veterinário. . Depois de ressuscitar o animal, Lucas o levou para casa. Deu água e comida. Preparou um remédio caseiro à base de carvão para tirar o veneno do corpo do cachorro. “Acredito que ele foi envenenado. Ele expeliu o veneno pela boca e pela urina e agora está bem”, diz. . O dono do cachorro não foi encontrado. . A gravação feita pela mãe foi repercutida pelo prefeito da cidade, Eric Silveira, em seu perfil no Instagram. Até o momento, a publicação tem 2.455 visualizações e 99 comentários. Assista:


4 visualizações0 comentário