="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">
 
Buscar
  • Ivan Kleber

Um em cada sete polícias civis de Goiás ficaram afastados por causa da Covid-19 em 2020




CONTAMINAÇÃO | A Covid-19 causou o afastamento de um em cada sete policiais de Goiás em 2020. Ao todo, 2.207 dos 15.467 servidores tiveram a doença e 23 pessoas morreram. O estado é o sexto com menor número percentual de contaminados entre as forças policiais. Os dados foram informados pela Secretaria de Segurança Pública.

Na Polícia Militar, foram 1.784 contaminados com coronavírus, o que representa 14,71% da tropa. Ao todo, 18 pessoas morreram. Já na Polícia Civil, foram 423 casos, com cinco mortos. O número de afastamento representa 12,66% do efetivo.

Em número percentual, Goiás fica atrás apenas do Maranhão, Pernambuco, Amapá, Amazonas e Rio Grande do Norte. A média nacional de afastamentos entre as polícias Civil e Militar foi de 24,54%.

Vale lembrar, que aqui, em Goiás, desde o fim de março, servidores da Segurança Pública com mais de 51 anos e que estão na ativa estão sendo vacinados contra a Covid-19. Das remessas de imunizantes enviadas ao estado, 5% são destinadas a esse grupo.

No estado, já forma registrados 534.464 casos de Covid-19, com 14.236 mortes.

10 visualizações0 comentário