="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">
 
Buscar
  • Ivan Kleber

Trio é preso suspeito de sequestrar e tentar matar irmã de rival.




Um adolescente de 14 anos ficou ferido após ser atingido por um tiro no pescoço, em Goiânia. Segundo a Polícia Militar (PM), o garoto foi vítima de sequestro há dois dias, no lugar do irmão que faz parte de um grupo criminoso. O mandante e outros três suspeitos foram presos na noite de terça-feira (18), e, conforme aponta a corporação, eles fazem parte de uma facção criminosa rival, do estado do Rio de Janeiro.


O sequestro aconteceu na noite do último domingo (16), em uma casa localizada no Setor Bairro da Vitória, na região Noroeste da capital. De acordo com a PM, os suspeitos estavam em busca do irmão da vítima, que faz parte de um grupo rival. Como ele não estava no local, os homens levaram o adolescente de 14 anos.


“Eles tinham a intenção de levar o irmão para extorquir o rival. Quando ele [rival] se apresentasse, ia ser executado friamente”, detalhou o tenente Andrade, da PM. O homem, no entanto, não teria atendido aos pedidos dos suspeitos e, por esse motivo, o adolescente foi levado para uma mata e foi alvo de vários disparos de arma de fogo.


À reportagem, os militares informaram que ele foi encaminhado para o Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol). O Mais Goiás não conseguiu descobrir o estado de saúde da vítima, pois o nome do garoto não foi informado.


Suspeitos estavam em busca do irmão da vítima, que faz parte de um grupo rival (Foto: Divulgação/PM)


PRISÕES

Na noite de terça (18), os policiais entraram em contato com a família do adolescente e passaram a buscar informações que levassem ao local em que a vítima pudesse estar sendo mantida como refém.


Segundo a corporação, câmeras de segurança registraram o momento em que a vítima é levada. A partir das imagens, os policiais encontraram o veículo utilizado no sequestro, no Setor Jardim Curitiba, também na região Noroeste de Goiânia.


Durante a abordagem, um primeiro suspeito confessou participação no crime e apontou os demais envolvidos, bem como o lugar onde estariam guardadas as armas de fogo utilizadas no sequestro e tentativa de homicídio.

5 visualizações0 comentário