="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">
 
Buscar
  • Ivan Kleber

Polícia inocenta padrasto e indicia vizinho da família por morte de Danilo



Hian Alves de Oliveira, de 18 anos, servente de pedreiro, foi indiciado por matar o menino Danilo de Sousa Silva, 7 anos, que foi afogado em lama numa mata localizada a 100 metros da casa onde morava, no Parque Santa Rita, em Goiânia, segundo informou a Polícia Civil nesta segunda-feira (10). O padrasto de Danilo, que estava preso pela suspeita de participar do crime, foi inocentado ao fim da investigação.


A defesa de Hian Oliveira disse que "vai acompanhar todo o procedimento para garantir que sejam cumpridas todas as formalidades e sustenta sua inocência". A defesa não acredita na motivação que consta na conclusão do inquérito de que ele tinha ciúmes do padrasto.


A Polícia Civil informou que o Ministério Público de Goiás deve pedir a soltura do padrasto Reginaldo Lima Santos. Como a prisão preventiva foi decretada pela Justiça, a revogação deve ser feita pelo próprio Judiciário.

633 visualizações0 comentário