="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">
 
Buscar
  • Ivan Kleber

Pábio Mossoró e Célio Silveira envolvidos em super faturamento na compra de tratores.




Cinco parlamentares goianos aparecem na lista dos deputados federais e senadores que teriam sido contemplados pelo orçamento secreto do governo Bolsonaro para a compra de tratores e caminhões.


O deputado Célio Silveira (PSDB) destinou para o munícipio de Valparaíso de Goiás o montante de R$ 2.091.500 e para Itapaci cerca de R$ 1.600.000.


José Nelto (Podemos) contemplou várias cidades do Estado, entre elas Formosa, além da Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) e da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).


Codevasf é uma companhia estatal dominada pelo Centrão, indicada com a empresa destinada à compra de tratores e equipamentos agrícolas por preços até 259% acima dos valores de referência fixados pelo próprio Governo. O valor total de emendas do deputado junto ao “orçamento secreto” do governo chega a quase R$ 30.000.000.


O deputado Vitor Hugo (PSL), líder no governo na Câmara Federal, também aparece no Bolsolão: ele destinou a Alexânia R$ 1.500.000.


Em reportagem publicada pelo Estadão, o senador Luiz do Carmo (MDB-GO), junto com o Weverton (PDT-MA), teriam indicado R$ 31 milhões do orçamento secreto. A assessoria do senador Luiz do Carno disse ao jornal que houve um “mal-entendido” e não apresentou ofício requerendo as emendas.


O senador Vanderlan Cardoso (PSD) que destinou entre R$30 a R$40 milhões de emendas para máquinas e equipamentos, por meio também da Codevasf, para municípios goianos. Ele teria direcionado recurcos federais para a cidade de Betim, em Minas Gerais, conforme reportagem da revista Crusoé.

186 visualizações0 comentário